quinta-feira, 31 de março de 2011

Decepção, mas continuando sempre!

Bora galera! hehehe

Estes últimos dias foram muito difíceis pra mim...

Quando eu criei este blog em 2007 foi meio sem querer... um momento de angústia, de solitude... algo parecido com um diário, como os que eu tinha na adolescência e então comecei a escrever aqui como um desabafo, tentando traduzir em palavras os sentimentos da minha existência, amores que perdi, amigos que ganhei... enfim, jamais imaginava que eu contaria pra alguém que estava doente e como isso realmente foi triste e determinante na minha vida, pois isso veio acontecer em 2010. Depois disso eu tenho relatado na maioria das vezes experiências do câncer e até esqueci de quantos momentos tristes eu tive antes disso.

O fato é que minha vontade era contar hoje pra vocês queridos companheiros que eu estava livre e curada... mas ainda não posso.
Refiz os exames de tomografia, ressonância e também os de sangue, pois bem apareceu um nódulo no abdomem e também estou com derrame pericárdico (no coração). O que me deixa mais indignada é que não temos certeza se a quimioterapia teve o efeito desejado ou não. Não sabemos se este nódulo é apenas um linfonodo, uma reação da cirurgia ou a doença retornando. E quanto ao coração... também não temos como saber. O CA 125, marcador tumoral está dentro dos padrões normais, mas ele não é parâmetro de certeza nenhuma. Ou seja, não estou livre ainda... vou continuar investigando e Deus que proteja que sejam apenas algumas reações do corpo.

Como disse no início, os dias foram difíceis, minha vontade era gritar para o mundo me ouvir. Não escrevi aqui antes contando isso porque a angústia era tanta, que poderia falar coisas que me arrependeria mais tarde. Agora mais calma é melhor, mais sensata... é uma briga interna, tipo Eu X comigo mesmo... rsrs. Além dos resultados dos exames não serem favoráveis, tive também a notícia de que a minha empresa não tem mais vaga pra mim. Isso mesmo gente! Justo agora que meu corpo está com forças pra ir trabalhar... cadê o trabalho? Ou seja, logo serei uma desempregada... e o pior de tudo... sem plano de saúde.

O que fazer com estas notícias, continuar não é mesmo? O que estou aprendendo com isso tudo?
Estou tentando viver sem poder planejar... é não dá muito pra planejar com esta doença. Precisamos viver um dia de cada vez, e digo que ainda estou aprendendo porque não sei muito bem viver sem planos. Trabalho na área comercial e sempre fiz metas, de curto, médio e longo prazo... tudo baseado em nossos objetivos. Tive que parar todos os planos e agora terei que refazê-los e ainda não sei ao certo como farei isso... só sei que estou tentando...

Alegria no coração e força na caminhada!

segunda-feira, 28 de março de 2011

A Montanha Mágica

Bom dia pessoal!!!!

Esta semana descobri que existem mais leitores do meu blog do que meus heróicos seguidores, aí irão me perguntar... Por que heróicos. Pois bem, primeiro porque a maioria está lutando bravamente como eu contra o câncer e segundo porque este blog tá mais morno que não sei o que, sem sal... não anda pra lugar nenhum...rsrsr Mas enfim, se o blog tá na rede, então tá valendo, que venham outros leitores não é mesmo.
Retomando a vaca fria como dizem na minha terra o tema que irei tratar é sobre meus livros atuais. Eu sou apaixonada por leitura, e me sinto até culpada de não ler com mais frequencia, já que os livros me fazem tão bem, uma sensação de acolhimento e companhia quando estou a saboreá-los. Estou lendo "A Montanha Mágica", não lembro ao certo o motivo que iniciei ele há mais ou menos 7 anos, isso foi na época que morei em Florianópolis, o livro tem mais de 900 páginas, mas me algo me chamou atenção, acredito que foi principalmente o teor filosófico mesmo. Aí eu mesmo me pergunto, por que levei tanto tempo pra ler este bendito, não é porque ele é grande, mas principalmente porque ele é realmente pesado, trata de um homem que mora em uma casa de tratamento de saúde, não é bem um hospital e não sabemos ao certo qual a doença que ele tem, mas enfim... ele neste período conhece muitas pessoas e também como seu tempo é bastante longo, ele começa a estudar filosofia, sociologia, anatomia... então somos mergulhados no livro e em assuntos diversos. O fato é que já iniciei ele umas três ou quatro vezes e aí na metade eu paro e aí pra lembrar de toda a estória novamente volto do início. Bom, a notícia boa é que agora já estou nas últimas 50 páginas... acho que esta meta vai ser cumprida logo...rsrs.
Tenham todos uma ótima semana!

terça-feira, 22 de março de 2011